Escola de Inglês Abbey College vai à Falência

Funcionários e estudantes de uma escola de inglês e treinamento profissional, situada no centro de Dublin, tiveram uma surpresa ao chegar à sede da escola na Dame street: as portas estavam fechadas e na porta tinha um anúncio dizendo que a Abbey College estaria suspendendo suas operações.

A Abbey College, localizada em frente ao Banco Central da Irlanda, suspendeu suas operações na sexta-feira (05/Agosto) e está tomando medidas cabíveis para indicar uma empresa para liquidar completamente a escola.

Cerca de 20 professores e funcionários administrativos irão perder seus empregos com o fechamento da escola, que por sinal até a última semana estava recebendo pagamentos de estudantes que iriam estudar na instituição.

A escola oferecia cursos de Inglês e cursos de base, além de diplomas em enfermagem reconhecidos pelo Fetac.

A escola tinha por volta de 360 alunos, que vinham do Brasil, México, Coreia do Sul e Filipinas.

Alguns funcionários foram informados da decisão da escola de encerrar as operações por mensagem de texto (SMS) durante o fim de semana. Ontem todos foram informados que a escola não teria condições de pagar os salários atrasados dos funcionários, que de acordo com eles seriam por volta de 6 semanas.

Colm Hall do condado de Meath é um professor na escola e ocupava o cargo há 7 anos, ele disse que já sabia que os negócios estavam em declínio nos últimos dois ou três anos, mas ficou surpreso com o encerramento das atividades de uma forma súbita.
Ele ainda disse que os funcionários estavam muito desapontados ao serem informados por uma SMS que seriam dispensados de seus cargos e que teriam que buscar seus documentos em um escritório de courier.

Em uma carga entregue ao escritório de courier, a diretora da Abbey College, Sra. Mary Renden, disse que a empresa se encontra em dificuldades devido as novas regras de imigração para estudantes que são de países não-europeus. Ela ainda aconselhou os funcionários a aplicar para o seguro-desemprego.

Tentativas de contatar a diretora da escola ontem, foram em vão.

Em um comunicado no website, a Abbey diz:" A Abbley College agradece seus estudantes pela preferência, gostaríamos de nos desculpar por qualquer inconveniência causada por esse fechamento. Medidas alternativas estão sendo analisadas para os estudantes que não completaram seu curso para que eles continuem com suas aulas...essas medidas levarão algumas semanas para serem concretizadas".

O Departamento de Educação disse que sob o Ato de Qualificações (Educação e Treinamento), de 1999, estudantes serão ressarcidos ou oferecidos cursos em outra instituição. O Fetac irá se encontrar com a diretoria da Abbey College amanhã 10/09.

Yi Rang Lim da Coreia do Sul disse que ela pagou €700 para se matricular em um curso na Abbey College na quarta-feira passada que iria durar até 2012. Ela disse que não foi informada que a escola estaria encerrando suas operações e agora não sabe como ficará seu estado imigratório no país e a conclusão do curso.

Miriam Yerena do México disse que ingressou na escola em Abril através de uma agência de intercâmbio e que pagou €2,600 para um curso de 1 ano de duração e que até agora apenas fez 1 dos 3 exames necessários para sua qualificação. "Eu paguei para um curso integral e um diploma. Não quero desperdiçar meu dinheiro", ela disse.

Documentos disponíveis no Registro de Empresas na Irlanda (CRO), lista Ms Renden (48) de Dublin e Michal Young 43) de Bagenalstown, Co. Carlow, como diretores da Abbey College Ltd.

 

Fonte: IrishIndependent, RTE, Irish Times.
Foto: Cyril Byrne

Categoria: 

Curta o Brasileire.com !