Educação e Ensino

Acesso à educação com base na situação imigratória

Crianças

As crianças que residem na Irlanda têm direito a frequentar a escola primária e pós-primária. No entanto, existem diretrizes específicas para filhos de estudantes provenientes de países não pertencentes à EEA. Para informações adicionais, acesse www.inis.gov.ie

Adultos

Qualquer pessoa com carimbo 1, 2, 3 ou 4 tem acesso à educação, mas precisará pagar o valor integral das anuidades. Mas, se houver um elemento de trabalho remunerado no curso, talvez seja necessário solicitar a alteração da situação imigratória para permitir que a pessoa trabalhe.

 

Educação para crianças

Todas as crianças na Irlanda têm direito a educação primária e pós-primária gratuita, fornecida pelo estado. A frequência em educação de tempo integral é obrigatória para todas as crianças entre seis e dezesseis anos de idade. Embora as crianças na Irlanda não sejam obrigadas a frequentar a escola até completarem seis anos, a maioria começa na escola no mês de setembro após o quarto aniversário.

Apesar de a educação primária e pós-primária ser gratuita, existem vários custos envolvidos. Os principais são uniformes e livros (veja “Ajuda de custo para vestuário e calçados na volta às aulas” no capítulo Família). Também é possível enviar seus filhos a escolas secundárias pagas e a escolas particulares primárias e secundárias.

Os pais se reúnem com os professores?

Yes. Nos níveis primário e pós-primário, as reuniões entre pais e professores ocorrem durante o ano letivo. A escola de seu filho informará a data e o horário da reunião. Se desejar conversar com o professor fora dessas reuniões, entre em contato com a escola e marque uma reunião.

Meu filho não fala irlandês (gaélico), ele precisará aprender?

O irlandês normalmente é obrigatório nas escolas primárias e pós-primárias. Os estudantes que se enquadram nos casos abaixo, no entanto, podem ser dispensados de estudar irlandês:

  • Estudantes que receberam a educação primária, até os 11 anos de idade, na Irlanda do Norte ou fora da Irlanda.
  • Estudantes que eram matriculados em escola primária ou pós-primária e que agora, depois de viverem no exterior, voltam a se matricular. O estudante precisa ter morado no exterior por pelo menos três anos. O estudante precisa ter pelo menos 11 anos de idade quando voltar a frequentar.
  • Estudantes com capacidade média ou acima da média, mas que apresentam uma dificuldade de aprendizado específica ou geral, de modo que não aprendem ou não atingem os níveis esperados de realização em sua língua-mãe.

Curta o Brasileire.com !