Direitos Trabalhistas na Irlanda

Embora a grande maioria dos empregadores seja honesta, nem todos são. Caso tenha alguma queixa trabalhista, você deve entrar em contato com seu sindicato, com a NERA (National Employment Rights Authority, Autoridade Nacional de Direitos Trabalhistas) ou o Rights Commissioner Service (Serviço de Delegados de Direitos). Você também pode pedir orientação no Crosscare Migrant Project (Projeto para Migrantes da Crosscare) ou no Migrant Rights Centre Ireland (Centro de Direitos de Migrantes da Irlanda).

Os trabalhadores da Irlanda têm direito a:

  • Ter seus direitos trabalhistas definidos por escrito
  • Receber pelo menos o salário mínimo de € 8,65 por hora
  • holerites
  • Máximo de 48 horas de trabalho por semana
  • Férias remuneradas
  • Descanso mínimo
  • Ser tratados com igualdade, sejam funcionários de meio período ou período integral
  • Aviso prévio mínimo, caso devam ser demitidos

A NERA tem um Guide to Employment Rights (Guia de direitos trabalhistas) no site: www.employmentrights.ie. Em “Select your Language” (Selecione seu idioma), escolha o idioma no qual gostaria de ler essas informações. O Guia de direitos trabalhistas está no fim da lista. Esse guia traz informações básicas. Abaixo estão outras perguntas frequentes sobre direitos trabalhistas:

 

Salário mínimo

Quem tem direito ao salário mínimo?

A National Minimum Wage Act (Lei Nacional do Salário Mínimo) se aplica a todos os empregados, exceto nas circunstâncias a seguir:

  • Parentes próximos do empregador, como pai, mãe, filhos e irmãos
  • Funcionário em treinamento estruturado, como estagiários, por exemplo (exceto aprendizes de cabeleireiro)

 

Holerites

O que posso fazer se meu empregador não me der um holerite?

Se não estiver recebendo seus holerites, entre em contato com seu sindicato ou com a NERA.

Também é aconselhável manter seu próprio registro de horas trabalhadas e o nome e os detalhes de contato de seu empregador e supervisor.

 

Máximo de horas trabalhadas

Eu recebo algum extra por trabalhar aos domingos?

Se já não estiver incluso no valor a pagar, os funcionários geralmente têm direito ao pagamento de horas extras ou prêmio por trabalharem aos domingos. Alguns setores têm Registered Employment Agreements (Contratos de Trabalho Registrados) contendo normas relativas ao trabalho aos domingos.

Quando não existir acordo coletivo em vigor, o empregador deverá adotar o acordo coletivo mais próximo aplicável, que se aplique a trabalho idêntico ou semelhante e em condições semelhantes, e determine um prêmio para trabalho aos domingos.

 

Períodos de descanso

Meu empregador é obrigado a pagar por meus intervalos?

Não, o pagamento de intervalos não é um direito obrigatório. No entanto, é prática comum os funcionários receberem por um intervalo de 15 minutos. Alguns setores abrangidos pelos REAs (Registered Employment Agreements, Contratos de Trabalho Registrados) e EROs (Employment Regulation Orders, Ordens de Regulamentação do Emprego) contêm disposições obrigatórias com relação ao pagamento dos intervalos.

 

Feriados públicos

Quantos feriados públicos são observados?

Existem nove feriados públicos.

  • Confraternização universal (1º de janeiro)
  • St. Patrick’s Day (Dia de São Patrício) (17 de março)
  • Segunda-feira de Páscoa
  • Primeira segunda-feira de maio
  • Primeira segunda-feira de junho
  • Primeira segunda-feira de agosto
  • Última segunda-feira de outubro
  • Dia de Natal (25 de dezembro)
  • St. Stephen’s Day (Dia de Santo Estêvão) (26 de dezembro)

Posso acumular férias se estiver doente?

Não. Contudo, o tempo de férias é acumulado sobre o tempo trabalhado, as férias anuais, licença-maternidade, licença-maternidade adicional, licença-paternidade, licença por força maior, licença por adoção e o tempo gasto nas primeiras 13 semanas de licença para cuidadores.

Será que tenho direito ao pagamento de feriado público?

Funcionários em tempo integral têm direito inerente ao pagamento de feriados públicos. Funcionários de meio período devem ter trabalhado um total de 40 horas por um período de cinco semanas imediatamente anterior ao feriado público para ter direito ao benefício.

A Good Friday (Sexta-feira Santa) é feriado público?

Não, a Sexta-feira Santa não é feriado público, mas conforme o setor em que você trabalha, pode ser prática comum observar esse feriado.

 

Demissão sem justa causa

Quem está coberto pelas Unfair Dismissals Acts (Leis de Demissão sem Justa Causa) de 1977 a 2005?

As Unfair Dismissals Acts (Leis de Demissão sem Justa Causa) se aplicam a funcionários acima de 16 anos de idade, com pelo menos 12 meses de serviço contínuo. As leis não contemplam funcionários que atingiram a idade normal de aposentadoria ou menores de 16 anos, parentes próximos do empregador que morem e trabalhem na mesma casa ou fazenda particular, membros das Defence Forces (Forças Armadas) ou Gardaí (Polícia), oficiais de VECs, CEO dos Health Services Executive (Serviços Executivos de Saúde) e gerentes de município ou condado ou aprendizes da FÁS.

 

Desemprego

Perdi o emprego. Onde posso obter mais informações sobre isso?

Para obter mais informações sobre desemprego, acesse www.redundancy.ie

 

Licença médica

Meu empregador precisa me pagar se eu ficar doente?

A licença médica não é um direito obrigatório. A política relativa à licença médica pode ser decidida pelo empregador e incluída como parte dos termos e condições de emprego do funcionário. Alguns setores abrangidos pelos REAs e EROs contêm normas obrigatórios com relação à licença médica.

 

Outros assuntos

Tenho direito ao pagamento de horas extras?

O pagamento de horas extras não é um direito obrigatório, embora seja prática comum que a maioria dos empregadores ofereça um valor para pagamento de horas extras.

A política referente às horas extras pode ser decidida pelo empregador e incluída como parte dos termos e condições de emprego do funcionário. Alguns setores são obrigados por lei a pagar horas extras, já que são abrangidos pelos REAs (Registered Employment Agreements, Contratos de Trabalho Registrados) e EROs (Employment Regulation Orders, Ordens de Regulamentação do Emprego).

Uma agência que me prometeu emprego me enviou uma cobrança, isso é legal?

Não. Na Irlanda, é ilegal uma agência cobrar para encontrar um emprego para alguém. Um empregador pode usar os serviços de uma agência para recrutar funcionários, e é o empregador quem paga a agência. Entre em contato com o Department of Enterprise, Trade and Employment (Ministério das Empresas, Comércio e Emprego) se você, como funcionário, recebeu cobrança de uma agência de empregos. Telefone: 01 6312121

Tenho direito a uma referência?

As referências não são um direito obrigatório e, portanto, são fornecidas a critério do empregador.

 

Licença para cuidadores

O que é a licença para cuidadores?

A licença para cuidadores permite que um funcionário forneça pessoalmente cuidado e atenção em tempo integral para alguém que precise desses cuidados. O direito mínimo assegurado por lei é de 13 semanas, mas um funcionário tem direito a um máximo de 104 semanas para qualquer “pessoa relevante”. Uma pessoa relevante é alguém considerado pela autoridade competente do Department of Social and Family Affairs (Ministério de Assuntos Sociais e de Família) como necessitado de cuidado e atenção em tempo integral.

Quem tem direito à licença para cuidadores?

Você tem direito a tirar a licença para cuidadores se tiver pelo menos 12 meses de serviço contínuo.

 

Pagamentos para cuidadores

Os dois pagamentos principais para cuidadores são o Carer’s Benefit (Benefício para cuidadores), baseado nas contribuições para o PRSI, e o Carer’s Allowance (Ajuda de custo para cuidadores), baseado na renda. Existe também o Domiciliary Care Allowance (Ajuda de Custo para Cuidado Domiciliar), que pode ser pago para uma criança com deficiência. Os beneficiários desses pagamentos podem se candidatar a uma Respite Care Grant (Bolsa para Cuidado no Descanso).

 

Carer’s Benefit (Benefício para cuidadores)

Carer’s Benefit é um pagamento feito para pessoas seguradas que se afastam da força de trabalho para cuidar de uma pessoa (ou pessoas) que necessita(m) de cuidado e atenção em tempo integral. De acordo com a legislação relativa à Licença para cuidador, você pode ter direito a licença temporária não remunerada de seu emprego para cuidar de uma pessoa. Se estiver cuidando de mais de uma pessoa, pode ter direito a mais 50% do valor pessoal semanal do Benefício para cuidadores.

Quem tem direito?

  • Você se qualificará para o Carer’s Benefit (Benefício para cuidadores) se:
  • Tiver entre 16 e 66 anos de idade
  • Satisfizer às condições de contribuição para o PRSI (procure “Carers Benefit” em www.welfare.ie para obter mais informações)
  • Tiver parado de trabalhar para cuidar de uma pessoa (ou pessoas) em tempo integral (nesse emprego, deve ter trabalhado um mínimo de 17 horas por semana ou 34 horas por quinzena)
  • Não estiver empregado ou for autônomo fora de casa (você pode trabalhar até 15 horas por semana)
  • Residir no Estado e não estiver morando em hospital, casa de recuperação ou outra instituição semelhante, e

A(s) pessoa(s) de quem você está cuidando:

  • for(em) incapacitada(s) e necessitar(em) de cuidado e atenção em tempo integral (é necessário atestado médico)
  • não estiver(em) vivendo normalmente em um hospital, casa de repouso ou outra instituição semelhante

Quando a Domiciliary Care Allowance (Ajuda de Custo para Cuidado Domiciliar) for paga pelo Health Service Executive (Serviço Executivo de Saúde) para uma criança, não é necessário atestado médico.

Como me candidatar?

Preencha o formulário CARB1 e envie para o departamento de Benefício para cuidadores:

Social Welfare Services Office (Escritório de Serviços do Bem-estar Social)
Government Buildings, Ballinalee Road, Longford
Telefone: 043 3345211
Ligações com tarifa reduzida: 1890 927 770

E se eu não for aprovado?

Caso sua requisição não seja aprovada, você pode se candidatar à Carer’s Allowance (Ajuda de custo para cuidadores).

 

Carer’s Allowance (Ajuda de custo para cuidadores)

O Carer’s Allowance é um pagamento para cuidadores de determinadas pessoas com necessidades de cuidado e atenção em tempo integral e que preenchem os critérios de condição financeira. Cuidadores responsáveis por mais de uma pessoa podem ter direito a um bônus de 50% do valor máximo semanal do Benefício para cuidadores, conforme o valor semanal avaliado.

Quem tem direito?

  • Você tem direito à Carer’s Allowance (Ajuda de custo para cuidadores) se:
  • For maior de 18 anos
  • Satisfizer ao critério de condição financeira
  • Morar com a(s) pessoa(s) de quem cuida ou puder ser contatado rapidamente por um sistema de comunicação direta entre sua casa e a casa da pessoa de quem cuida
  • Estiver cuidando da(s) pessoa(s) em tempo integral
  • Não estiver empregado ou for autônomo fora de casa, além de 15 horas por semana
  • Morar no Estado
  • Satisfizer à condição de residência habitual
  • Não estiver morando em hospital, casa de recuperação ou outra instituição semelhante, e

A(s) pessoa(s) de quem você está cuidando:

for(em) incapacitada(s) e necessitar de cuidado e/ou atenção em tempo integral (é necessário atestado médico)

  • não estiver(em) morando normalmente em um hospital, casa de repouso ou outra instituição semelhante
  • tiver(em) 16 anos de idade ou mais, ou
  • tiver(em) menos de 16 anos, se a Domiciliary Care Allowance (Ajuda de Custo para Cuidado Domiciliar) for paga a ela pelo Health Service Executive (Serviço Executivo de Saúde). É necessário apresentar documentação comprobatória desse benefício.

Como me candidatar?

Preencha o formulário CR1 e envie para o departamento de Carer’s Allowance (Ajuda de custo para cuidadores):

Social Welfare Services Office (Escritório de Serviços do Bem-estar Social)
Government Buildings, Ballinalee Road, Longford
Telefone: 043 3345211
Ligações com tarifa reduzida: 1890 927 770

E se eu não for aprovado?

Você tem o direito de recorrer da decisão. Se ainda assim não for contemplado, entre em contato com o escritório do bem-estar social da sua região ou o Department of Social and Family Affairs (Ministério de Assuntos Sociais e de Família).

O Crosscare Carers Support (Suporte a Cuidadores da Crosscare) é um programa que visa a melhorar a qualidade de vida de cuidadores da família, que normalmente estão fragilizados e em situação de estresse. O Suporte aos cuidadores oferece apoio, descanso, instrução e treinamento aos cuidadores. Para obter mais informações, acesse www.crosscare.ie ou entre em contato com:

Crosscare Carers Support Programme (Programa de Suporte a Cuidadores da Crosscare),
The Red House, Clonliffe College, Drumcondra, Dublin 3
Telefone: 01 8360011
E-mail: nkirrane@crosscare.ie ou rdaynes@crosscare.ie

 

Licença-maternidade

Caso esteja grávida e empregada na Irlanda, você tem direito a tirar a licença-maternidade no trabalho por um período básico de 26 semanas. Pelo menos duas semanas devem ser tiradas antes do fim da semana do nascimento previsto do bebê e pelo menos quatro semanas depois. Você pode decidir como dispor das 16 semanas restantes. Geralmente, as funcionárias tiram duas semanas antes do nascimento e 24 semanas depois. Você pode também se beneficiar de 16 semanas adicionais de licença-maternidade não remunerada.

O direito à licença-maternidade do emprego se estende a todas as mulheres empregadas na Irlanda (inclusive trabalhadoras temporárias ou eventuais), não importa há quanto tempo trabalham na empresa e quantas horas por semana.

Tenho direito a remuneração durante a licença-maternidade?

Seu empregador não tem que lhe pagar enquanto estiver em licença-maternidade. Você pode, contudo, ter direito ao Maternity Benefit (Benefício para maternidade).

 

Maternity Benefit (Benefício para maternidade)

O Maternity Benefit (Benefício para maternidade) é um pagamento feito a mulheres na Irlanda em licença-maternidade do trabalho, que pagaram um determinado valor de contribuições ao PRSI (procure “Maternity Benefit” em www.welfare.ie para obter mais informações). É necessário se candidatar ao pagamento 6 semanas antes da data em que pretende sair em licença-maternidade (12 semanas se for autônoma). O valor pago semanalmente dependerá do seu rendimento.

Eu tenho direito ao Maternity Benefit (Benefício para maternidade) se estiver recebendo outros pagamentos de assistência social?

Você pode receber metade do valor do Maternity Benefit (Benefício para maternidade) caso esteja recebendo um dos seguintes benefícios:

  • One-Parent Family Payment (Pagamento a família monoparental)
  • Widow’s (Contributory) Pension (Pensão contributiva de viúvos)
  • Widow’s (non-Contributory) Pension (Pensão não contributiva de viúvos)
  • Deserted Wife’s Benefit (Benefício para esposa abandonada)
  • Prisoners Wife’s Allowance (Ajuda de custo para esposa de detento)
  • Deserted Wife’s Allowance (Ajuda de custo para esposa abandonada)
  • Death Benefit (Benefício por óbito) na forma de Widow’s/Widower’s ou Dependent Parents’ Pension (Pensão para Viúvo, Viúva ou Pai/Mãe Dependente), de acordo com o Occupational Injuries Scheme (Programa de Acidentes de Trabalho)

Por quanto tempo posso requerer o Maternity Benefit (Benefício para maternidade)?

O Maternity Benefit (Benefício para maternidade) é pago por 26 semanas consecutivas. Pelo menos 2 e não mais de 16 semanas de licença-maternidade precisam ser tiradas antes do fim da semana na qual espera-se o nascimento do bebê.

Se seu bebê nascer depois do esperado e você tiver menos de 4 semanas de licença-maternidade a cumprir, você pode ter o direito de prorrogar a licença-maternidade, para garantir que tenha 4 semanas completas de afastamento depois da semana do nascimento. Nessas circunstâncias, o Maternity Benefit (Benefício para maternidade) continuará a ser pago até que o bebê tenha quatro semanas de vida. Você deve notificar a seção de Benefício para maternidade do Department of Social and Family Affairs (Ministério de Assuntos Sociais e de Família), enviando uma carta de seu médico, com a declaração da data de nascimento de seu bebê.

Como me candidatar?

Você deve preencher o formulário MB10 seis semanas antes da data prevista para o início da licença-maternidade e enviá-lo à seção de Benefício para maternidade.

 

Licença-paternidade

A Equality Authority (Autoridade para Igualdade) fornece um resumo da licença-paternidade:

  • A Parental Leave Act (Lei da licença-paternidade) de 1998 dá ao pai e à mãe o direito a 14 semanas de licença parental não remunerada.
  • A licença deve ser tirada antes que a criança tenha 8 anos, ou 16 anos no caso de criança com deficiência.
  • Essa licença não é transferível entre os pais, exceto quando ambos trabalham para o mesmo empregador. Neste caso, isso está sujeito à anuência do empregador.
  • Você deve informar seu empregador com 6 semanas de antecedência sobre sua intenção de tirar a licença parental.
  • A licença pode ser “dividida”, com o consentimento do empregador.
  • Os litígios serão ouvidos pelos Rights Commissioners (Delegados de Direitos). Informações adicionais sobre os procedimentos de litígio e formulários de queixa estão disponíveis no site dos Rights Commissioners: www.lrc.ie

 

Licença por adoção

A Equality Authority (Autoridade para Igualdade) fornece um resumo da licença-paternidade:

  • A mãe ou pai sozinho que adotar uma criança tem direito a 24 semanas de licença por adoção
  • O funcionário deve notificar seu empregador por escrito com 4 semanas de antecedência antes de sair de licença
  • Os empregadores não são obrigados a pagar o funcionário, mas este pode ter direito a um benefício da previdência social.

 

Licença por força maior

Os funcionários na Irlanda têm o direito limitado de se afastar do trabalho em períodos de crise familiar. Essa ausência é conhecida como “force majeure leave” (licença por força maior). Você deve notificar seu empregador, assim que possível, de que precisa da licença por força maior. Imediatamente após seu retorno ao trabalho, você deve fazer a solicitação a seu empregador. O período máximo da licença é de 3 dias em qualquer período de 12 meses ou de 5 dias em um período de 36 meses. Você tem direito a pagamento durante a licença por força maior.

 

Licença por óbito

A licença por óbito é concedida no caso de morte de um familiar do funcionário. Não há direito legal à licença por óbito, que geralmente é concedida a critério do empregador.

Onde posso obter informações sobre licença parental, licença por adoção e licença por força maior?

Informações sobre todas as licenças acima podem ser obtidas com a Equality Authority (Autoridade para Igualdade): www.equality.ie.

Telefone: 01 4173333
Central de atendimento (ligação com tarifa reduzida): 1890 245 545

 

Saúde e segurança no local de trabalho

Saúde e trabalho no trabalho significa trabalhar em um ambiente seguro e, quando houver riscos, que eles sejam minimizados ou eliminados, além de ser tratado com dignidade e respeito. A HSA (Health and Safety Authority, Autoridade para Saúde e Segurança) é o órgão nacional da Irlanda com a responsabilidade de garantir a saúde e a segurança no trabalho.

O que é o Safe Pass Programme (Programa Passe Seguro)?

O Safe Pass Health and Safety Awareness Training Programme (Programa Passe Seguro de Treinamento de Conscientização em Saúde e Segurança) é um programa da FÁS (autoridade irlandesa para treinamento e emprego) com duração de um dia. O objetivo do Safe Pass é garantir que todas as obras e todos os trabalhadores da autoridade local na Irlanda tenham um conhecimento básico de saúde e segurança. Serve para capacitá-los a trabalhar em obras sem serem um risco para si mesmos ou para outras pessoas que possam ser afetadas por suas ações.

Onde posso aprender mais sobre o programa Safe Pass?

Informações adicionais sobre o Safe Pass Programme (Programa Passe Seguro) para a setor de construção da Irlanda estão disponíveis no escritório local da FÁS ou no Safe Pass Department (Departamento do Passe Seguro): safepass@fas.ie

 

Condições de trabalho insalubres ou inseguras

Estou preocupado com questões de saúde e segurança em meu local de trabalho. O que devo fazer?

Você deve entrar em contato com o Health and Safety Officer (Encarregado de Saúde e Segurança) de seu local de trabalho. Se não ficar satisfeito com o resultado, deve entrar em contato com a HSA (Health and Safety Authority, Autoridade para Saúde e Segurança). A HSA monitora o cumprimento da legislação no local de trabalho e toma medidas de fiscalização (culminando em processos).

Health and Safety Authority (Autoridade para Saúde e Segurança)
The Metropolitan Building, James Joyce Street, Dublin 1
Telefone: 1890 289 389
Site: www.hsa.ie

Estou sendo perseguido no trabalho. O que posso fazer?

Você pode entrar em contato com o Health and Safety Officer (Encarregado de Saúde e Segurança) de seu local de trabalho ou com a Health and Safety Authority (Autoridade para Saúde e Segurança).

 

Acidentes de trabalho

Eu me feri no trabalho e não poderei trabalhar devido à lesão. Como posso obter auxílio financeiro?

Você pode ter direito ao Injury Benefit (Benefício por acidente).

O que é o Injury Benefit (Benefício por acidente)?

O Benefício por acidente é um dos benefícios do Occupational Injuries Scheme (Programa para Acidentes de Trabalho). É um pagamento semanal que você recebe se não estiver apto a trabalhar devido a um acidente no trabalho ou porque contraiu uma doença devido ao tipo de trabalho que realiza.

O Benefício por acidente normalmente é pago no quarto dia de sua doença/incapacidade. O pagamento pode ser feito por até 26 semanas, a contar da data do acidente ou do desenvolvimento da doença. Se você ainda estiver impossibilitado de trabalhar depois de 26 semanas, talvez tenha direito ao Illness Benefit (Benefício por doença) se satisfizer certas condições de contribuição ao PRSI (procure por “Illness Benefit” no site www.welfare.ie para obter mais informações).

Como me candidatar ao Injury Benefit (Benefício por acidente)?

Você deve consultar um médico e obter um First Social Welfare Medical Certificate (Primeiro Atestado Médico para Previdência Social), que inclui um formulário de requisição. Preencha esses formulários e envie para o escritório do bem-estar social local ou à Seção de Injury Benefit (Benefício por acidente). Você deve solicitar o Injury Benefit (Benefício por acidente) até 21 dias após adoecer. Você deve encaminhar um atestado médico por semana, durante todo o período em que permanecer inapto para o trabalho.

Nem todo acidente/doença de trabalho resulta imediatamente em doença ou incapacitação. Nesse caso, para salvaguardar seu futuro direito ao benefício, você deve solicitar uma declaração (formulário DB/OB1) para evidenciar que seu acidente/doença ocorreu no trabalho. Esse formulário de declaração está disponível na Seção de Injury Benefit (Benefício por acidente) do Department of Social and Family Affairs (Ministério de Assuntos Sociais e de Família), Áras Mhic Dhiarmada, Store Street, Dublin 1.

Telefone: 01 7043018

Como pleitear indenização por acidentes sofridos no trabalho?

Depende da natureza do acidente e da lesão. Você talvez deseje abrir um processo no tribunal. Pode haver, porém, uma opção mais barata através da InjuriesBoard.ie (antiga Personal Injuries Assessment Board [Comissão de Avaliação de Acidentes Pessoais]).

O que é o InjuriesBoard.ie?

InjuriesBoard.ie é um órgão competente que fornece avaliação independente de indenização por acidentes pessoais para vítimas de acidentes no local de trabalho, motores e responsabilidade pública. Essa avaliação é fornecida sem a necessidade da maioria dos custos legais.

Onde posso obter mais informações?

InjuriesBoard.ie
P.O. Box 8, Clonakilty Co. Cork
Central de atendimento (ligação com tarifa reduzida): 1890 829 121
E-mail: enquiries@injuriesboard.ie
Site: www.injuriesboard.ie

 

Links

NERA (The National Employment Rights Authority, Autoridade Nacional para Direitos Trabalhistas): www.employmentrights.ie
O’Brien Road, Carlow
Telefone: 059 9178800
E-mail: info@employmentrights.ie

The Labour Relations Commission (Comissão de Relações Trabalhistas): www.lrc.ie
Rights Commissioner Service, Tom Johnson House, Haddington Road, Dublin 4
Telefone: 01 6136700
E-mail: rightscomm@lrc.ie

Crosscare Migrant Project (Projeto para Migrantes da Crosscare)
1 Cathedral St., Dublin 1
Telefone: 01 8732844
E-mail: migrantproject@crosscare.ie
Site: www.migrantproject.ie

Migrant Rights Centre Ireland (Centro de Direitos de Migrantes da Irlanda)
55 Parnell Square West, Dublin 1
Telefone: 01 8897570
E-mail: info@mrci.ie
Site: www.mrci.ie

SIPTU - o Services, Industrial, Professional and Technical Union (Sindicato de Serviços, Industrial, Profissional e Técnico) representa mais de 200.000 trabalhadores em quase todos os setores da economia da Irlanda:www.siptu.ie

Liberty Hall, Dublin 1
Telefone: 01 8586389
E-mail: info@siptu.ie

O ICTU (Irish Congress of Trade Unions, Congresso Irlandês dos Sindicatos do Comércio) é a maior organização da sociedade civil da ilha da Irlanda, representando e trabalhando em nome de cerca de 832.000 trabalhadores: www.ictu.ie

31/32 Parnell Square, Dublin 1
Telefone: 01 8897777
E-mail: congress@ictu.ie

Curta o Brasileire.com !